14 novembro, 2009

Meu amado, meu heroi!


Um dia Deus disse que eu viria a terra, e que aqui teriam duas pessoas com um amor incondicional!!! Mas eu nunca pensei que fosse tanto amor... E assim, essa pessoinha se tornou o meu maior tesouro, abaixo do meu Deus, a minha razão de viver!

Não vou questionar o porque, pois não cai uma folha de uma árvore sem a permissão de Deus! Só posso dizer que agora a dor esta muito forte! Vou precisar ter o consolo do Espiríto Santo para prosseguir e ajudar minha mãezinha (minha outra razão de viver e que também me ama incondicionalmente)!

Mas quero te dizer paizinho querido! Apesar do nosso jeito de ser, das minhas brigas e birras...Viver sem o senhor será um desafio! O senhor foi e é meu amigo, meu amado, meu princípe, meu heroi...Deu sua vida para fazer suas duas filhas e esposa felizes! Te amarei eternamente...
Tenho orgulho de ser filha de "Jose Zequinha de Souza" homem digno, honesto e acima de tudo guerreiro!!!

te amo, te amo, te amo...

11/05/44 - 12/11/09



3 comentários:

Valter Souza disse...

Sule, é com muito pesar que fiquei sabendo do fato, pois tinha seu pai como mais um dos adultos que fizaram parte da minha criação na rua "É". Como ele mesmo sempre me intitulou o cabeludo "a gangue do cabeludo", hoje sou grato pela forma como fui tratado pelos mais velhos da rua ~"É".
Abraços e muita força neste momento dificil.

Valter Souza "O valtinho da rua "É".
valtersc8@uol.cpm.br

Joana Dourado disse...

Sule, você está passando por um momento muito difícil e doloroso... Que Deus te dê muita força e paz! E, se precisar de mim para alguma coisa pode contar comigo, sempre!
Beijos!!!

Dart Araújo disse...

Ai amiga confesso que senti uma dor muito forte também, vc nao sabe o quanto me senti mal naquele dia....Até hoje lendo as coisas lindas que vc escreveu, e a homenagem que vc fez p seu pai, ainda tenho vontade de chorar. Que Deus esteja com vc e sua familia minha amiga...